Na data de hoje, dia 10, por volta das 17:30h, na avenida Santos Dumont em frente à Praça do Feijão, uma guarnição da CETO do 17o BPM abordou um veículo marca Toyota, modelo Corolla, cor branca, PP PAP 2844/MG conduzido por um indivíduo de iniciais W.C.C, idade não informada.

Ao ser procedida a verificação do veículo foi constatado que o mesmo era clone de outro veículo com as mesmas características, licenciado no Estado de Minas Gerais.

A abordagem foi realizada a partir de um levantamento realizado há cerca de um mês e meio pelo Setor de Inteligência do 17º BPM e pelas Policiais Militares dos Estados de São Paulo e Minas Gerais que detectaram que esse indivíduo, durante o período de uns 03 meses estava de posse de pelo menos 04 veículos de luxo clonados com as mesmas características de outros veículos regulamente licenciados naqueles estados.

O levantamento de inteligência realizado pelo setor de Inteligência do 17º BPM apontou que nesses últimos 03 meses W.C.C, que ostentava vida de rico nas redes sociais, esteve na posse de um VW Jetta preto ano 2019, PP BYX 1244, um VW Polo preto ano 2019, PP FZV 8169, um Chevrolett Cruiser branco ano 2016 PP GDG 3860 todos clonados de veículos licenciados regularmente no Estado de São Paulo e o veículo Toyota Corolla ano  branco PP PAP 2844 que estava em sua posse na data de hoje trafegando tranquilamente pelo centro da cidade de Guanambi.

Ao ser abordado o condutor do veículo alegou não saber o motivo daquela abordagem, pois era integrante de família tradicional e conhecida na cidade e não devia nada para a Polícia, mas com a confirmação do Estado de Minas Gerais de que o verdadeiro veículo com as mesmas características estava na garagem do verdadeiro proprietário, configurou-se a receptação de veículo proveniente de ilícito, sendo dada voz de prisão ao mesmo que foi conduzido à delegacia de polícia civil para ser autuado pelo crime de receptação qualificada.

Na delegacia W.C.C afirmou que anteriormente estava de posse do veículo VW Jetta preto, também clonado, mas que teria vendido para um médico na cidade de Montes Claros.

Além do veículo clonado, o conduzido estava de posse do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) falsificado, o que para a Polícia Militar indica a existência de uma quadrilha especializada em falsificação de documentos e adulteração de veículos de luxo existente na região, tendo como um dos líderes dessa quadrilha o conduzido W.C.C.

A partir de agora as investigações correm por conta da Polícia Civil de Guanambi para identificar outros integrantes da quadrilha, bem como outros veículos que podem ter sido receptados aqui na região.

Fonte: ASCOM PM

Deixe seu Comentário