Em menos de um mês a empresa de viagem Novo Horizonte é surpreendida com mais um protesto dos passageiros com destino a Brasília – DF, na rodoviária de Guanambi. Ontem (11), às 17h, passageiros entraram no ônibus de linha que a empresa disponibilizou para a viagem, ficaram por alguns minutos e não suportaram o calor de acordo relato da Professora Vina Queiroz que estava como passageira.

Os passageiros levantaram-se e procuraram o motorista, checaram as péssimas condições do ônibus com pneus recapados, sinalização do veículo comprometida e para-brisa rachado, e pediram um ônibus em condições de segurança para viajar. Segundo a Professora Vina, houve resistência por parte dos responsáveis da empresa dizendo que não tinha outro ônibus. “Foi preciso eu ligar para um advogado e ele orientar a chamar a polícia para conduzir até a delegacia o motorista e o responsável da empresa que fica na rodoviária, porque é crime contra o consumidor. Após essa fala, eles providenciaram um ônibus novinho e às 17h47 estávamos embarcando”, relata a professora Vina.

No dia 18 de janeiro/20, a empresa Novo Horizonte foi surpreendida com um protesto por estar disponibilizando ônibus precário colocando em risco a vida dos passageiros, mas parece que não foi suficiente para a empresa mudar sua conduta.

“Nós passageiros, vamos fazer um boletim de ocorrência na delegacia e ajuizar uma ação na justiça para resolver de vez a falta de respeito que a empresa comete conosco, enquanto isso eu sugiro a população que não aceitem ônibus nestas condições para viajar e cobrem seus direitos”, diz Vina.

Fonte: Neide Lu / Portal Fala Você Notícias
Fotos e vídeo: Vina Queiroz

Deixe seu Comentário