A empresa Equatorial Energia, em parceria com a Ecology Brasil, promoveu hoje (14), na Câmara de Vereadores de Guanambi, o segundo módulo do Curso de Gestão Ambiental Participativa e Elaboração de Planos de Ação com a participação de entidades ambientais e de representantes das secretarias municipais de Guanambi, Caetité e Igaporã.

A oficina faz parte do Programa de Educação Ambiental do processo de licenciamento da Linha de Transmissão 500KV IGAPORÃ III – PRESIDENTE JK em Minas Gerais.

A SE Igaporã III concentra boa parte da geração de energia dos parques eólicos da região e a linha de transmissão atravessa as cidades de Caetité, Guanambi, Candiba, Pindaí e Urandi no Estado da Bahia e mais 24 municípios em Minas Gerais.

O evento foi coordenado pelas profissionais da Ecology Brasil, Carolina Silva e Raquel Bento, e teve a palestra do ambientalista e membro da ONG Prisma – José Carlos Latinha com o tema “PARQUE FLUVIAL DO RIACHO DO BELÉM EM GUANAMBI”.

O representante da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Lailton Câmara, fez uma explanação sobre o projeto de recuperação das matas ciliares do Riacho do Belém, a coleta seletiva e o plano de ação de Educação Ambiental.

O evento também contou as presenças da Engenheira Ambiental e Secretária do Conselho Municipal de Meio Ambiente Jorgiane Gomes Fernandes e Alípio Guimarães da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

Após o debate sobre o projeto do parque fluvial, os participantes foram visitar o Parque da Cidade; vários trechos do Riacho do Belém- Bairro Brindes e a Ponte de Dona Dedé; o Memorial Casa de Dona Dedé; e o projeto de implantação do viveiro mudas na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

Finalizando o evento, foi realizada uma roda de conversa de avaliação da segunda oficina de Educação Ambiental e o planejamento da terceira oficina que acontecerá no mês de março.

Fonte: Blog do Latinha

Deixe seu Comentário