Um grande público prestigiou o lançamento do livro que conta a história do Centro Estudantil (CEG) e da Residência Estudantil de Guanambi (REG), que aconteceu na noite da última sexta (27), no auditório da Câmara de Vereadores.

Com a obra, se finaliza no ano do Centenário de Guanambi, mais um importante documento de resgate histórico e cultural da cidade. O lançamento cumpriu o Edital de Apoio a Projetos Artísticos e Culturais da Secretaria Municipal de Cultura, Lei Municipal Nº 27/2019 – Edital 02/2019. De autoria de José Roberto Teixeira e José Carlos Lélis Costa, o livro: “Os Meninos do CEG – As Lutas e Conquistas de uma Geração”, contou a com a colaboração de textos e acervo fotográfico de jovens que viveram uma época de forte ebulição política e cultural, que influenciou gerações posteriores.

O evento foi coordenado pelo comunicador João Roberto, que leu as mensagens do Professor João Augusto de Lima Rocha e da Coordenadora de Cultura da UniFG – Professora Adriana Bomfim.

O Prefeito Jairo Magalhães e o Secretário Municipal de Cultura, Paulo Costa, marcaram presença no lançamento, e muitos cidadãos que participaram ativamente do CEG e da REG. Além das autoridades citadas, os autores da obra estavam acompanhados de representantes de diversas entidades locais, como o escritor Benedito Teixeira Gomes – Academia Guanambiense de Letras (AGL), Helena Amaral – (Fundação Joaquim Dias Guimarães) e a vereadora Maria Silvia (Lilia) – Câmara de Vereadores. Dr. Luia, como o primeiro presidente da REG, José Maria, como da primeira diretoria da legalização do CEG e Milta Domingues, representando as mulheres que fizeram parte da REG, também compuseram a mesa do lançamento do livro.

Nas suas falas, o prefeito e o secretário destacaram a importância dos movimentos estudantis para o fortalecimento da maturidade política da juventude da cidade. Jairo ainda frisou do sucesso e a forma democrática em que o Edital de Cultura beneficiou diversos movimentos culturais da cidade. “Como menino do CEG é pra mim uma grande emoção, poder ajudar, em parceria com amigos e companheiros, a deixar eternizado o registro de uma época de grandes lutas e conquistas de uma geração” disse Paulo Costa.

Além dos representantes das entidades, a palavra foi franqueada ao público presente, onde o professor Pedro Roberto Ivo das Neves e Maurício Lélis, que declamou Poemas de Angola, de Agostinho Neto, e ainda testemunharam sobre a importância do lançamento da obra. “Acho que este livro foi lançado no tempo certo, onde muitas conquistas democráticas estão em perigo, é preciso refletir sobre isso”, disse o egresso da REG Pedro Roberto.

Finalizando, José Roberto e José Carlos externaram da satisfação em oferecer uma obra de grande relevância, que documenta ricamente um período importante de nossa história, frisando ainda da colaboração da Prefeitura e Secretaria de Cultura, que tiveram a sensibilidade de abrir um edital amplo e democrático, possibilitando o financiamento do livro.

“Temos um vasto material que foi reunido durante o trabalho de pesquisa para o livro, muitas fotos, documentos em um acervo amplo e diversificado, este livro foi um ponto inicial, com certeza iremos escrever outras edições, com abordagens em outros aspectos” afirmou José Carlos.

Após as falas, os escritores convidaram o Secretário de Cultura e a Secretária de Educação, Maristela Cavalcante, onde assinaram termos de doação de 150 livros para as escolas e entidades culturais da cidade. Dezenas de participantes do CEG e REG presentes fizeram o registro fotográfico ao lado dos escritores, que posteriormente autografaram o livro e posaram para mais fotos com os que adquiriram a obra.

O evento contou também com as presenças do Secretário de Administração – Walguimar Cotrim, do Vereador Vandilson Medeiros, da Presidente do PT de Guanambi – Valda dos Santos, professoras da Uneb, dos escritores Josias Benevides, José Bonifácio Teixeira e Maria Soares Teixeira, além de diversas lideranças e personalidades de Guanambi.

Fonte: ASCOM – Prefeitura de Guanambi

Deixe seu Comentário