Depois de muitas queixas relacionadas ao serviço de nutrição que se mantinha há mais de 5 anos prestando serviço no HGG. A Diretoria do hospital juntamente com a fiscal de contrato do setor de nutrição, se empenharam na fiscalização, notificação a referida empresa, culminando na abertura de processo administrativo e interdição da cozinha por inexistência de alvará sanitário, controle de pragas, dentre outras inconformidades contratuais.

Assim, a diretoria geral embasou para a não renovação do contrato e começou a trabalhar para as adequações necessárias para a reabertura da cozinha.

Na data de hoje por volta das 11h da manhã a vigilância sanitária realizou visita para averiguação das conformidades, no qual foi autorizada a reabertura e funcionamento.

A diretoria Paula Melo, aproveitou a oportunidade para firmar parceria com a vigilância na busca constante de oferta de serviço de qualidade para os pacientes e funcionários.

“A nossa luta é árdua, mas gratificante quando alcançamos os nossos objetivos. Que nesse caso é a garantia de uma nutrição de qualidade num hospital de referência para a região. Como profissional de saúde, não poderia em hipótese alguma, permitir tais riscos a população e principalmente, a falta de compromisso com a população que já se encontra fragilizada em um ambiente hospitalar. Agradeço imensamente aos funcionários pela compreensão, a Allana (fiscal de contrato e nutricionista), a Vigilância Sanitária, Givaldo Junior e principalmente aos pacientes que tiveram compreensão e apoio nas ações desenvolvidas por essa direção”, frisou a diretora do HGG Paula Melo.

Fonte: ASCOM

Deixe seu Comentário